Onde publicar

Artigos e dicas sobre as principais plataformas para publicação independente.


Como publicar via Smashwords
O que é Smashwords? Esta é uma plataforma agregadora onde você pode além de fazer a conversão do seu texto para e-book (a partir de um texto em .doc, .txt ou .pdf) disponibilizá-lo em várias lojas online sem precisar cadastrar-se em cada uma delas (o que em alguns casos pode ser complexo ou quase impossível para pessoa física. Naturalmente, a plataforma ficará com um certo percentual sobre as vendas que você por ventura efetue, mas é uma troca bastante justa. A seguir, contarei como foi a minha experiência de publicação por lá, realizada em 2011 e revisitada em 2016 para atualização deste artigo. Como publicar via Smashwords A Smashwords é uma das plataformas pioneiras em auto publicação. Em 2011, por pura curiosidade e no intuito de saber como funcionava o sistema de publicação em e-book totalmente independente, publiquei um “single” com o conto “De teias e paletas” – que está no e-book Pedaços de Possibilidade. O processo de publicação é simples, rápido e indolor, com a única possível limitação de que o site todo está em inglês. Cadastro A primeiríssima coisa que você precisará para publicar com a Smashwords, óbvio, é fazer o seu cadastro por lá. Tudo simples e rápido, mas em inglês. Formatação do e-book Na época em que fiz o teste, a plataforma não oferecia nenhuma ferramenta fácil para edição de capas, mas permitia que se enviasse uma imagem pronta da capa. A primeira versão de capa que utilizei era desastrosa, e inclusive recebi um altera de que deveria mudá-la […]

Como publicar via Smashwords



Como publicar via Apple
O que significa publicar na iBookstore? A Apple foi precursora na revolução do mercado musical, mas só incorporou a venda e e-books à sua rotina muito tempo depois. A marca conta com um exército de clientes fiéis e apaixonados por seus produtos e oferece uma ótima experiência de compra. Atualmente, arregimenta também um exército de fornecedores de conteúdo em diferentes frentes: jogos, aplicativos, música, filmes e, por fim, livros. Minha primeira experiência com a plataforma não foi das mais tranquilas, mas lá se vão alguns anos e atualmente está muito mais fácil colocar e-books à venda na sessão de livros da loja iTunes, a iBookstore. Se tiver paciência e curiosidade, confira aqui a primeira tentativa (fracassada, aliás) de disponibilizar um conto único via iTunes, mas se preferir, vamos direto ao que interessa: como disponibilizar seu e-book  na loja online da Appe. Cadastro na plataforma iTunes O primeiro passo que você precisa dar é fazer o seu cadastro na iTunes Connect. Quando fiz meu cadastro, era preciso escolher entre uma conta para distribuição de material gratuito ou outra em que eu poderia realizar vendas – neste caso, teria de informar um número ITIN (uma espécie de cadastro nos EUA que pode ser obtida mediante preenchimento de um formulário e realização de uma ligação telefônica internacional). Atualmente o número ITIN já não é exigido, então ficou mais fácil colocar seu e-book à venda na Apple, mas a colocação do e-book para dowload gratuito (que foi a experiência que fiz inicialmente) também pode ser uma ótima estratégia de divulgação do […]

Como publicar na iBookstore



KDP - Kindle DIrect Publishing - ou: como publicar via Amazon
Quem é a Amazon? A gigante de Seatle ainda é a maior e mais arrojada plataforma de autopublicação de e-books (mas não só). A “loja” brasileira existe desde o final de 2012 e desde então diversas ações tem sido feitas para estimular autores independentes a publicar e-books através da plataforma e para popularizar o e-reader comercializado pela Amazon – o Kindle. Assim como as demais plataformas, a Amazon possui “lojas” em diversos países do mundo e você pode escolher em quais disponibilizará o seu e-book. Existem algumas polêmicas em relação à estratégia da Amazon de ter um formato de arquivo diferente do que é utilizado pela imensa maioria das outras livrarias virtuais. É uma tentativa de fidelizar (amarrar?) seus clientes e mesmo os autores que publicam com ela. Formato dos e-books na Amazon Para quem é totalmente cru nestas questões de livro digital, vale saber que o e-book, que não é nada mais que um conjunto de arquivos (como aqueles .docs ou .pdf que você tem no seu computador) empacotados num só. A imensa maioria das lojas utiliza o padrão ePub. A Amazon não, ela utiliza o mobi, é um tipo de arquivo que não roda em outros aparelhos de leitura além do Kindle. Qualquer um pode instalar o aplicativo da Amazon (que também se chama Kindle) em computadores, smartphones e tablets, mas ele serve apenas para ler os e0-books baixados ou comprados na Amazon. O formato exclusivo da Amazon (mobi) significa que os possuidores de outros aparelhos dedicados à leitura que não o kindle (Sony, […]

Como publicar na Amazon



Kobo Writing Life A KWL é a a plataforma de autopublicação da Kobo, que permite que você publique e-books de modo bastante simples e os disponibilize na própria loja Kobo e na Livraria Cultura. Com base no teste de publicação que fiz com a seleção de contos Contos.com.MK, patilharei com vocês um pouco da experiência em si e de seus resultados. Cadastro Se você já tem uma conta de usuário na Livraria Cultura, pode fazer logon na Kobo com ele, e a partir daí preencher seu cadastro na KWL. Envio do Texto No meu caso, decidi aproveitar a possibilidade de enviar o ePub ao invés de utilizar a conversão automática da plataforma, mas você pode enviar arquivos .doc, .txt ou .PDF. Atualmente há outras plataformas que já aceitam o envio direto de ePub, mas quando fiz o primeiro teste esss era um diferencial da Kobo. Vale dizer que, embora o Sigil (software livre que utilizei mais com a função de aprendizado do que pensando em resultado final) seja aparentemente simples de usar e o livro seja basicamente texto, não tenho a habilidade suficiente para produzir um volume visualmente atraente. Acredito que o resultado final não contenha falhas graves, mas certamente uma edição profissional seria melhor (#prontofalei). Ferramentas de divulgação Para este e-book praticamente não fiz divulgações, apenas enviei o livro como cortesia a alguns potenciais leitores cuja afinidade com o livro eletrônico ou a opinião sobre os textos me interessava. Como a ferramenta não oferece a possibilidade de geração de códigos de desconto ou […]

Como publicar na Kobo



Publique-se – a plataforma de autopublicação da Saraiva Lançada sem muito alarde, esta foi uma das primeiras plataformas a ser disponibilizada no nosso bom e velho português. O funcionamento é muito similar ao de quase todos os serviços do ramo, com o diferencial de que a Saraiva solicita a assinatura física do contrato, de modo que o e-book só é disponibilizado para venda após o envio do documento assinado pelo correio. Para cadastrar-se no serviço, basta acessar este link. Na página web da Saraiva não é muito fácil encontrar o caminho, possivelmente porque a plataforma já não é uma prioridade do grupo, que em termos de e-books está empolgando mais com o seu e-reder, o Lev. Uma coisa bacana é o manual para autores que eles disponibilizam, que aliás, traz dicas legais mesmo para quem não vai publicar por lá. A experiência de quem já publicou Este site não se resume a publicar somente as minhas experiências de auto publicação, no caso da Publique-se, vamos trazer as percepções da escritora Ana Mello, que contou, em uma entrevista feita por e-mail, como foi a publicação do seu e-book de poemas Nas Patas dos Gatos pela Publique-se. Ana não é exatamente uma novata em processos de auto publicação já que, em 2004, havia publicado uma espécie de e-book para ler no computador. Tratava-se de um arquivo executável em formato de livro, que permitia ao leitor virar as páginas, imitando o procedimento com o livro físico. O material foi distribuído inicialmente através de mini CD´s e por e-mail e agora é […]

Como publicar via Saraiva