Como publicar via Smashwords

Como publicar via Smashwords

O que é Smashwords?

Esta é uma plataforma agregadora onde você pode além de fazer a conversão do seu texto para e-book (a partir de um texto em .doc, .txt ou .pdf) disponibilizá-lo em várias lojas online sem precisar cadastrar-se em cada uma delas (o que em alguns casos pode ser complexo ou quase impossível para pessoa física. Naturalmente, a plataforma ficará com um certo percentual sobre as vendas que você por ventura efetue, mas é uma troca bastante justa.

A seguir, contarei como foi a minha experiência de publicação por lá, realizada em 2011 e revisitada em 2016 para atualização deste artigo.

Como publicar via Smashwords

Smashwords é uma das plataformas pioneiras em auto publicação. Em 2011, por pura curiosidade e no intuito de saber como funcionava o sistema de publicação em e-book totalmente independente, publiquei um “single” com o conto “De teias e paletas” – que está no e-book Pedaços de Possibilidade. O processo de publicação é simples, rápido e indolor, com a única possível limitação de que o site todo está em inglês.

Cadastro

A primeiríssima coisa que você precisará para publicar com a Smashwords, óbvio, é fazer o seu cadastro por lá. Tudo simples e rápido, mas em inglês.

Formatação do e-book

Na época em que fiz o teste, a plataforma não oferecia nenhuma ferramenta fácil para edição de capas, mas permitia que se enviasse uma imagem pronta da capa. A primeira versão de capa que utilizei era desastrosa, e inclusive recebi um altera de que deveria mudá-la para, se desejasse ser incluída no catálogo “premium” da plataforma.

Não repita esse equívoco, a menos que tambem esteja fazendo apenas testes para aprendizado. Considere que, se a capa de um liro impresso já é importante, no caso do e-book ela é ainda mais crítica, pois as imagens diminutas que são expostas na “vitrine” das livrarias online precisam dar o recado quanto ao conteúdo do seu livro. Portanto, nada de imagens escuras, confusas e que não tenham nenhuma correlação com o conteúdo do livro.

Quanto à formatação do texto, como o Smashwords na época em que fiz o upload só aceitava arquivos em word, para conversão, não posso dizer que esteticamente o resultado tenha ficado bom. Para um single, isso pode não ser relevante, mas para e-books maiores a tendência é um resultado visual muito pobre. Atualmente eles aceitam o upload já em formato ePub.

vendas

Vender ou não vender depende de muitos fatores, mas divulgação é um item crucial. Não fiz divulgação deste e-book porque tratava-se de um trabalho amador, com a única intenção de testar a ferramenta de publicação. Ainda assim, o histórico dele registra 3 vendas e 247 dowloads gratuitos. O e-book segue disponível e com um esquema interessante que a plataforma permite: o leitor decide se e quanto quer pagar.

Uma característica muito bacana da publicação em e-book quando feita diretamente pelo escritor é que você pode acompanhar online cada uma das vendas ou downloads gratuitos.

Avaliação geral da plataforma

A popularidade do Smashwords entre leitores brasileiros não é exatamente assombrosa, mas pela facilidade de uso e pela possibilidade de disponibilizar o e-book em várias lojas ao mesmo tempo, considero-a um bom recurso.

Uma fragilidade, além de não existir versão em português, é que não há assistente para geração de capas como outras plataformas já possuem.

A outra vantagem que vejo é a possibilidade de gerenciamento de preço, oferta de download gratuito (na Amazon, por exemplo, essa é uma vantagem restrita para quem adere ao programa de fidelidade e só disponibiliza o e-book com eles).

AVALIAÇÃO GERAL: green-star-mdgreen-star-mdgreen-star-md

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *